SAAE trabalha para melhorar cada vez mais o abastecimento de água em Bacabal

90

População tem testemunhado de perto os trabalhos realizados pela nova gestão do SAAE, que tem como diretor, Marcelo Almeida, visando melhorar o abastecimento de água em todos os bairros da cidade.

As melhorias no serviço de abastecimento de água em todo o município de Bacabal têm sido de forma constante, onde são feitas a manutenção nas redes de abastecimento, perfuração de novos poços, melhorando a cobertura do serviço na zona urbana e rural.

A equipe do SAAE – Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Bacabal vem trabalhando para oferecer cada vez mais um serviço de excelência para os seus usuários. 

Em pouco tempo da nova gestão, dois poços estão sendo perfurados; um terceiro será perfurado na Vila São João, além de novos planejamentos que estão sendo feitos para resolver o problema antigo da falta de água nos bairros do município. Por conta disso, a oposição tem realizado uma série de ataques sistemáticos contra a nova gestão da autarquia, os motivos são óbvios. Como não fizeram nada em um ano e seis meses, estão vendo resultados agora; – e os ataques são para diminuir os trabalhos realizados.

Ações do SAAE.

1 – Manutenção em todos os poços.

2 – Troca de parte elétrica.

3 – Mudança de tubulações sujas por outras novas.

4 – Desentupimento em pontas de redes das ruas.

Durante a perfuração dos novos poços artesianos, um carro pipa foi contratado para dar suporte aos usuários de bairros afetados. Até diante disso, a oposição acha que o SAAE fez errado, ou seja, os que antes não faziam nada acham o seguinte; “Quanto pior melhor”.

EM TEMPO: Durante a gestão anterior e cassada do ex-prefeito Zé Vieira, a emissora de propriedade do deputado comunista Carlinhos Florêncio (PCdoB), tinha um contrato com o SAAE no valor de R$ 100.000,00 (cem mil reais). Além de um contrato de uma retroescavadeira no valor de R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais), por mês, detalhe é que a retroescavadeira nunca prestou um serviço ao SAAE, e que até o operador da máquina era funcionário fantasma da autarquia. Além de outras dezenas de funcionários fantasmas na folha de pagamento, sem contar que a gestão passada, também deu sumiço em vários documentos.

Redação/Vanilson Rabelo.